...Viver é querer ser feliz assim! A cada instante um novo motivo, cada por do sol um novo sorriso, cada amanhecer um brilho sem fim...



segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Cores da madrugada




Nas armadilhas
Dessa vida louca
Dessa vida pouca
Dessa muita vida
Nos pinceis do tempo
Na tinta dos sonhos
Imaginar-te-ei
Em cores sublimes
Olhos pulsantes
Brilho que inunda
Grudados na tela
E na madrugada
Tez iluminada
E no devaneio
Do olhar risonho
Uma esperança
Na tinta dos sonhos.

Fran Souza

Um comentário:

Marie Motta disse...

Palavras de veludo e que se enquadram tão bem...Parabéns.
Beijos e um ótimo 2014.