...Viver é querer ser feliz assim! A cada instante um novo motivo, cada por do sol um novo sorriso, cada amanhecer um brilho sem fim...



sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Alma inquieta (poema varano)

[Foto do google]


A minha alma
Não está calma
Está querendo
(Quase morrendo)
... Pra te encontrar.

Ela só quer
Um bem querer
Um bem que possa
Em alma vossa
... Poder amar.

Alma inquieta
A do poeta
Que vive solta
E tão envolta
... Que quer voar.

Alma sem asa
Alma em brasa
Se asa tivesse
E ela quisesse
... Sobrevoar,

Logo iriam
E se amariam
E acompanhada
A alma amada
... A se alegrar,

Livrar-se-ia.
Melancolia?
Seria atenta
E a alma isenta
... Ia ficar.

          
          Fran Souza



O poema varano é uma criação do poeta Ineifran Varão, confira as regras: http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=75969 

Um comentário:

Ineifran varão disse...

Um belo varano, com a graça e maestria de quem é poeta de verdade... Grato por praticar e divulgar o varano. Bjs mil.